Pratique Maraturismo. Uma modalidade que alia a prática da corrida com o turismo

Publicado em 11.05.2018, do portal Sou Corredor


Correr é uma atividade que pode ser feita em praticamente qualquer lugar, não gera muitos gastos e não faz distinção de pessoas, seja pelo sexo, idade ou nível social. Não à toa, esse esporte vem crescendo cada vez mais no Brasil e no mundo, com diversas maratonas e corridas mais curtas (de 5 km, 10 km e 21 km) organizadas anualmente em todo planeta.


Entre as maratonas mais disputadas do mundo, destacam-se a de Paris, Berlim, Chicago, Londres e Nova York. Mas há ainda aquelas mais, digamos, exóticas: a do Círculo Polar Ártico na Groenlândia, a Big Five, cujo trajeto é feito dentro de uma reserva particular de caça na África do Sul, prova que passa pela Muralha da China, a corrida de Barcelona, uma das mais charmosas que existe e até uma maratona na Disney, em Orlando, que passa por 4 parques de diversão.


Agora, qual é o motivo de viajar para qualquer um desses lugares para correr? A resposta está na ponta da língua de Marcelo Kahil da Costa, engenheiro agrônomo de 32 anos que já perdeu a conta de quantas maratonas internacionais fez. “Correndo dá para conhecer e entender melhor as cidades. E você faz isso sem estresse e preocupação alguma, praticamente dopado pela sensação de alegria que a corrida traz”.


A última prova completada pelo engenheiro foi a maratona de Chicago, cuja organização disponibiliza até um blog com os principais pontos turísticos que os atletas vão passar. “Foi muito legal ver os detalhes do percurso antes de correr e conhecer, antecipadamente, os lugares que eu passaria. Na hora da corrida, foi diferente e entusiasmante passar pelos locais que só tinha visto pela internet”, lembra Marcelo.


Treinamento e planejamento necessários


Gostou da ideia de viajar e correr uma prova internacional? Excelente. Mas não basta se inscrever, calçar tênis e sair correndo. Uma preparação física adequada é extremamente necessária. A recomendação para quem quer completar uma maratona com sucesso e sem lesões é treinar de um a dois anos antes, pelo menos 3 vezes por semana. Já para terminar uma prova de 10 km, 3 meses de treino bastam e você estará condicionado para atravessar a linha de chegada sem problemas.


Além disso, conseguir se inscrever nas maratonas mais tradicionais, como as de Paris, Berlim, Chicago, Londres e Nova York, não é tão simples. Algumas corridas têm sorteio de vagas por causa do elevado número de candidatos e outras pedem aos atletas seus tempos oficiais de prova para oficializar a inscrição.


Se uma maratona internacional ainda está fora de cogitação para você, experimente correr uma das várias provas organizadas em território nacional. Dentre elas, destacam-se a corrida de revezamento de Florianópolis, em que uma equipe dá a volta completa na ilha; a maratona do Rio de Janeiro, que vai do Recreio ao Flamengo, mesclando vistas do mar e de montanhas; e a tradicional São Silvestre, na qual os atletas percorrem 15 km passando por importantes pontos da região central de São Paulo.


Atletas sempre buscam novos e diferentes desafios. Mas convenhamos que há também aqueles que não são tão atletas assim e veem os cenários das corridas como ótimos pretextos para viajar. Seja qual for a sua motivação, o maraturismo se apresenta como uma excelente opção para todos os gostos.


 


Fonte: http://revistaflyers.com.br


Fotos: Great Wall Marathon 09_MG_0354_ Woman climbing up the steps


          Scc events 27.09.2015 42 BMW - BERLIN MARATHON - Foto Camera 4




     





Nenhum comentário cadastrado.
Seja o primeiro!







           

Playlist
Confira nossa lista de músicas!

Depois de uma corrida, o que você costuma fazer no dia seguinte?

Descanso total
Caminhada e/ou natação
Musculação na academia
Trote bem leve
Treino normal



   

   


   

   

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades!


contato@soucorredor.com.br
(+55 81) 3103.0002